BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

20 de fev de 2011

Música: "A Borboleta Que Virou Lagarta"

Naquela tarde, você não era mais a mesma
Que um dia me oferecia amor.
Não era mais aquela garota
Que compartilhava sonhos
Na noite anterior

Eu só queria te entender
E descobrir o que aconteceu
Te ofereci minha confiança
Mas você não mereceu

Afinal, o que você quis dizer?
Afinal, onde é que você quer chegar?
Pensa que é fácil tentar te esquecer?
Pensa que vai ser tão fácil quanto foi te amar?

Eu só queria entender...

Todas as palavras que te dei
Ainda não foram devolvidas
Mas agora já nem sei se quero
Ter você de volta na minha vida

Todos os nossos momentos
sensações e emoções
Todos os meus sentimentos
Que ficaram pra depois
Você acabou com os planos
Que eu tinha pra nós dois

E agora, apenas me responda...

Afinal, o que você quis dizer?
Afinal, onde é que você quer chegar?
Pensa que é fácil tentar te esquecer?
Pensa que vai ser tão fácil quanto foi te amar?

Pensa que vai ser tão fácil quanto foi te amar?

1 comentário(s):

Renata (impermeável a) disse...

poema em linha reta:

O rapaz chegou-se para junto da moça e disse:
- Antônia, ainda não me acostumei com o seu corpo, com a sua
cara.
A moça olhou de lado e esperou.
- Você não sabe quando a gente é criança e de repente vê uma
lagarta listrada?
A moça se lembrava:
- A gente fica olhando...
A meninice brincou de novo nos olhos dela.
O rapaz prosseguiu com muita doçura:
- Antônia, você parece uma lagarta listrada.
A moça arregalou os olhos, fez exclamações.
O rapaz concluiu:
- Antônia, você é engraçada!
Você parece louca.
Manuel Bandeira.