BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

27 de abr de 2009

Merda!

Nasci num mundo onde a felicidade não existe.





-
Pelo menos é o que todos dizem por aí.

26 de abr de 2009

Debaixo da chuva de estrelas...

- E qual é o seu sonho, Emily?
- Meu sonho? Meu sonho era um dia perfeito! E ele tá terminando...


~ trecho do filme 'O Presente'.

19 de abr de 2009

É sempre assim

Tem vezes
Que me arrependo de ter ido dormir.
Tem outras vezes
Que me arrependo de ter acordado.

Geração Orkut

Sou do tempo em que o Orkut deixava colocar no máximo 12 fotos no álbum.
Não tinha marcações, comentários e tudo mais.
A maioria dos usuários, possuia, em média, uns 200 amigos apenas.
Ninguém sabia o que era brigar por topo de depoimento.
Ninguém precisava mandar scrap pra adicionar.

Quando eu entrei pra esse mundo,
Lembro-me que era uma das poucas 'crianças' no meio de toda aquela gente virtual.

Hoje são raros os que não mentem a o ano de nascmiento na hora de criar o perfil.

E tudo só tende a piorar.
Não vai demorar muito e as Certidões de Nascimento vão exigir, já, o link do profile.
E me add.

12 de abr de 2009

Almoço em Família.

Elas sobre novelas ou sobre o novo cabelo da vizinha.
Eles sobre tudo, até secar a última latinha.
E as crianças correndo ao redor.
Pelo menos até de tardezinha.

Fato.

Ele amava ela.
Mais do que devia.
E ela não percebia.

10 de abr de 2009

Machismo.

JustificarSempre foi assim.

Ao moço,
o almoço.
À moça,
Só resta a louça.

9 de abr de 2009

Boa viagem!

Dentro daquele ônibus,
Rostos e diversas expressões.
Expectativa, ansiedade, tédio e saudade.

A Triste (ou não) História do Jovem Escritor

Ele não sabia falar.
Portanto, escrevia.

Trocava sua voz,
Pela ponta de sua caneta.

Trocava seu olhar,
Pelo charme de suas palavras.

Sua forma de agir e pensar,
Era somente através de versos.

Porém, assim,

Nenhuma garota o ouvia.
Nenhuma garota o via.

Ninguém sabia que ele existia.

Porque ele não sabia falar.
Portanto, apenas escrevia.

2 de abr de 2009

-

Enquanto a tarde se despedia:

- Para onde é que ele vai?
- Ele quem?
- O sol...
- Ah! Pra 'amanhã', lá no Japão.


~ trecho do filme 'Cazuza: O Tempo Não Pára'

Confesso que

não sei o que sou.

Só sei que não sou o que sei.