BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

27 de jan de 2009

Somos robôs;

apenas robôs.
Legítimos. Sem sentimentos, sem coração.
Com defeitos de fabricação.

Somos todos robôs.
Com prazo de validade.

Programados para correr.
Mesmo sem ter para onde ir.
Programados para não viver.
Sem tempo para sorrir.

20 de jan de 2009

Por que é que

eu deixo tudo pra depois,

se não tenho nada pra fazer agora?

13 de jan de 2009

Alguém.

Alguém me tira daqui?
E me leva até ali?

Quem sabe lá eu possa sorrir.
Só rir.

A gente nasce chorando,

mas vive pra sorrir.

9 de jan de 2009

Ctrl + V

- Monótona vida;
Monótono dia.
Alegria que se dispersa
Em um tédio sem fim.
Vida alegre
Vida triste
Vida?
Não!
Monotonia. -

~ por Bruna Palm (do blog Conto de Fadas) ~

Não tenha medo de amar;

não dói nadinha!

Acredite.
Se quiser.

Quem me dera!!

Se tudo fosse tão mais fácil.

Se existisse o teletransporte.

Se eu soubesse voar.

Se existissem pontes para me levar a qualquer distância.

Quem me dera.

8 de jan de 2009

Uma dúvida.

Por que vocês, seres humanos, transformam gestos tão simples como 'amar' em algo tão confuso?
Por quê?

Por que vocês, seres humanos, não possuem a singela capacidade de admirar um sorriso?
Por quê?

Por que vocês não se sentem felizes ao abraçar?
Por quê?

Por que vocês não conseguem ter sensibilidade?
Por que vocês, seres humanos, não conseguem ser humanos?

Por quê?

Ctrl + V

- "escrava, eu escrevo.
escravo, ele lê." -

~ por Ana Cristina (do blog Cartulina--Papellão) ~

7 de jan de 2009

Reticências...

São apenas pontos...
Apenas três pontos...
Que deixam aquela dúvida...
Aquele mistério...
Aquela vontade de saber o resto...
Apenas três pontinhos...

6 de jan de 2009

Penso, logo, escrevo.

Escrevo para mim.
Escrevo para ti.
Escrevo para todos.
Escrevo para ninguém.
Porém, escrevo.

Escrever é a melhor forma de se expressar.
De tratar de assuntos que nunca seriam dialogados.
De poetizar sentimentos.
De desabafar.

A escrita não tem censura, não tem restrições, não tem limites.

Rainha das Princesas

Do tipo princesa.
Assim ela é.
Assim ela será.
Pra sempre.

Sua beleza brilha,
Assim como seus olhos.
Assim como seu charme.

Do jeito cativante.
Delicado. Sensível.
De pensar e agir.

Seu sorriso brilha,
Com luz suficiente
Para iluminar o coração de qualquer um.
Seja príncipe, seja sapo.

Seu encanto não se encontra preso em torre nenhuma.
Pois já está trancafiado no coração de seu príncipe.

5 de jan de 2009

Seção "Ctrl + V"

- "Trinta dias do mês que ficou pra trás...
E eu sou só mais um, desses meros tão mortais!" -

~ Mallu Magalhães (Música: Vanguart) ~