BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

28 de set de 2008

Confissões Poéticas de Um Adolescente Carente em Crises Românticas no Tédio de Domingo

Não tenho carro,
Não tenho beleza,
Não tenho popularidade.
Mas tenho certeza:
Além de mim não existe outro
Que te ame de verdade.

23 de set de 2008

Sorria! Você está vivo...

Amasse os transtornos.
Os bons momentos, deixe exposto na estante.
Se arrependa apenas do que não fez,
Inspire felicidade a cada instante.
Encontre o lado bom
Em cada consequência cometida.
Repare na simplicidade das coisas.
Procure ter vida.
O que passou, passou.
O que passou, não volta mais.
Valorize o presente, o agora.
Antes que seja tarde demais.
Esqueça o que chateia,
Experimente uma nova etapa.
O universo é grande demais,
Para encontrarmos a felicidade em um mapa.
Sorria para o mundo,
Que ele retribuirá para você.
Sorria, também, para si.
É o melhor que você pode fazer.

21 de set de 2008

Momentos

Assim como um relâmpago,
Assim como uma cadente estrela,
Os melhores momentos da nossa vida
Passam numa velocidade improvável.
O bom é que, quando bem aproveitados,
Esses momentos melhores tornam-se eternos.
Assim como o charme de uma estrela cadente.
Assim como o brilho de um relâmpago.

10 de set de 2008

Viva.

O bom da vida
É ser livre.
É preferir o proibido.
É arriscar-se mais
E preocupar-se menos.
Muito menos.
É transformar o depois
No agora.
O bom da vida é sorrir.
É ter vida.
Afinal, de que adianta viver no modo padrão,
Se todo mundo já sabe o que acontece no final?

9 de set de 2008

Não Precisa

Não precisa estar apaixonado
Para escrever um poema de amor.
Basta sentir-se isolado,
Com aquela sensação de carência e dor.

Basta sentir-se pertubado,
Esperando um momento para se iludir novamente.
Esperando o sofrimento chegar disfarçado.
Basta não sentir-se contente.

Basta ter paciência para receber algum valor,
Basta ter paciência para alguém vir ao seu lado.
Para escrever um poema de amor,
Não precisa estar apaixonado.

5 de set de 2008

Agora Não é Mais Agora

Agora é tarde para se dar conta de que valeu a pena.
Agora é tarde para dar valor ao que já se foi.
Agora é tarde para abraçar aquele amigo que foi especial.
Agora é tarde para ter coragem de falar com aquela garota.
Agora é tarde para se arrepender do que não fez.

Tarde Demais Para Querer Viver

O mundo girava,
E o relógio não parava.
A vida se passava
E ele, por lá, ficava.
Tudo ocorria, tudo andava,
Tudo acontecia, tudo se encaminhava.
E ele, por lá, apenas olhava.
Um dia desses,
O mundo parou.
O relógio travou.
A vida se acabou.
Nada mais ocorreu, tudo desandou.
Nada mais aconteceu, tudo finalizou.
E ele, para ninguém, nunca mais olhou.
O tempo dele acabou.

4 de set de 2008

Pausa

Os dias passam,
A semana corre,
O relógio permanece na sua rotina.
E a inspiração não vem.
Portanto, tenha paciência.